Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educação Especial

Blogue do Grupo de Educação Especial da Escola Profissional Agrícola D. Dinis na Paiã, Odivelas, Portugal.

Blogue do Grupo de Educação Especial da Escola Profissional Agrícola D. Dinis na Paiã, Odivelas, Portugal.

Educação Especial

10
Mai17

Quem é o aluno com Necessidades Educativas Especiais e como se Operacionaliza o seu Apoio segundo a Legislação

Educação Especial EPADD

Qual é o Âmbito do Decreto-Lei nº3/2008?

Valorização da educação e promoção da melhoria da qualidade do ensino, através da qualificação da escola democrática e da escola inclusiva, tendo em conta os princípios aprovados na Declaração de Salamanca, para garantir a igualdade de acesso e dos resultados, através da “individualização e personalização das estratégias educativas”.

10
Mai17

Apresentação

Educação Especial EPADD

Apresentação

 

O Gabinete de  Educação Especial está situado no denominado Edificio da Regência. Este, pelo seu exterior, faz lembrar uma casa alentejana do distrito de Portalegre devidamente enquadrada no espaço rural, o que torna muito agradável todo o contexto ambiental e arquitectónico em que funcionam os serviços de Educação Especial. 

No edificio funcionam, em paralelo, os Serviços de Psicologia e de orientacão Vocacional bem como os Serviços de Psicologia Clinica. Se o primeiro se destina essencialmente a todos os alunos que frequentam a escola, o segundo centra-se no acompanhamento de alunos com fracos recursos económicos e que usufruem de Escalão. Na prática, ambos os serviços podem acompanhar os alunos com Necessidades Educativas Especiais, os quais constituem o universo da população escolar abrangida pela Educação Especial. Relativamente ao Grupo de Educação Especial, este é constituído por três docentes. Uma Professora do Quadro da Escola, Profª Alexandra Silva, e duas Professoras Contratadas, Prof.ª Celeste  Cordeiro e Profª Helena Caldeira, respectivamente. O seu trabalho desenvolve-se em estreita articulação com a Drª Tânia Galrão (Psicóloga Educacional do Serviço de Psicologia e Orientação) e com as Dr.ª Ana Isabel Pereira e Dr.ª Rita Cruz (Psicólogas Clínicas em parceria com a Escola Profissional Agrícola D. Dinis). Relativamente À sua organização e estrutura de funcionamento, a Educação Especial é um grupo inserido no Departamento de Ciências Sociais e Humanas e Expressões, partilhando reflexões e acções com os Grupos de Filosofia, de Geografia e de Educação Física.

 

Caracterização da População com Necessidades Educativas Especiais

 

 

A população escolar com Necessidades Educativas Especiais no ano lectivo de 2017/2018 é de 23,8%, correspondendo a um número bastante elevado. Desta, 26% dos alunos frequentam o Ensino Básco em Cursos CEF e Vocacionais e 23% frequentam o Ensino Secundário Profissional. Neste universo registam-se 6 alunos com Currículo Específico Individual. Relativamente à Problemática apresentada pelos alunos, esta enquadra-se em diferentes categorias, sendo as Perturbações de ordem Cognitiva as mais frequentes, seguidas de Perturbações Emocionais, de Perturbações de Linguagem e de Perturbações Neurológicas.

 

Actividade Desenvolvida pelas Docentes de Educação Especial

 

Dada a especificidade da nossa Escola, uma Escola Profissional Agícola em que os alunos se encontram em actividades lectivas desde as 8:15 às 17:55, o apoio é prestado essencialmente em Sala de Aula, aos alunos cujo PEI específique a necessidade de apoio directo e em função das dificuldades manifestadas por estes em acompanhar e participar nas situações de ensino-aprendizagem. Apenas os alunos com CEI beneficiam de apoio directo e individual em contexto de gabinete, estando o mesmo contemplado para três tempos semanais, não obstante o seu acompanhamento em contexto de turma e em sala de aula.